Qual a diferença entre razão social e nome fantasia?

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter

Toda empresa quando passa pelo processo de abertura, também precisa encarar uma fase muito importante: a escolha da razão social e nome fantasia.

Se por um acaso você acha que são a mesma coisa, se enganou! Esses dois itens constam permanentemente no documento de registro da empresa como nomes oficiais do negócio.

A verdade é que ambos são bem diferentes, apesar de muitos confundirem, inclusive empreendedores.

Sendo assim, se você já ouviu falar sobre razão social e nome fantasia, porém ainda não entende muito bem seu real significado e para que serve. Não se preocupe, vamos te explicar tudo!

Neste artigo da Talst Contabilidade, você irá descobrir qual a importância de escolher estrategicamente a razão social e nome fantasia da sua empresa.

Acompanhe a leitura até o final e tire todas as suas dúvidas sobre este assunto.

 


O que é razão social da empresa?

A razão social é o nome de jurídico e de registro de uma empresa que deve constar junto aos órgãos do governo e cartório, bem como em contratos, notas fiscais, escrituras e documentos legais.

A razão social também é conhecida pelo termo denominação social ou firma empresarial. Quando se vai abrir uma empresa, é necessário preencher algumas informações como atividade exercida, capital social e o nome do negócio.

Neste momento, é importante escolher de forma estratégica. Afinal, o nome do seu negócio é o que vai ser divulgado para torná-lo ainda mais conhecido. É importante saber que a razão social de uma empresa deve ser exclusiva. Por essa razão, quando for registrar o nome na Junta Comercial ou no Cartório, é fundamental garantir um nome nunca escolhido antes.

Tenha em mente que a razão social é um nome que estará presente em todos os documentos principais da empresa, como o CNPJ, contratos entre outros.

Este nome é o que vai identificar o seu negócio enquanto pessoa jurídica. Pelo fato de ser um nome único, este estará protegido como propriedade intelectual. Ou seja, ninguém pode ter o mesmo nome que a sua empresa.

 

 Como escolher a razão social da empresa?

Na hora de escolher a razão social da empresa é importante considerar algumas dicas.

  • Procure um contador (https://talst.com.br/contato/) para pesquisar a Razão Social do seu negócio.
  • É melhor escolher um nome de fácil compreensão e assimilação;
  • Dê preferência para nomes mais curtos;
  • O nome deve estar ligado à atividade da empresa;
  • A razão social pode ser as iniciais do dono e sócios
  • Pode constar um termo ligado à área de atuação;

Além disso, no nome também pode constar o enquadramento do negócio (LTDA, S.A., MEI, ME, etc). Isso permitirá que a empresa exerça sua atividade de forma legal e dentro do seu enquadramento, de acordo com a legislação.

  

O que é nome fantasia?

O nome fantasia é o nome popular da pessoa jurídica, também conhecido como nome comercial. Em geral, este nome será utilizado para divulgar o nome da empresa, ou seja, a forma como será conhecida pelo público.

Não existe uma regra para a escolha do nome fantasia. Entretanto, é importante que seja um nome de fácil memorização e que esteja atrelado a comercialização do seu produto ou serviço.

Ao escolher o nome fantasia, também existe a possibilidade de fazer o registro da marca no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). E neste caso, o nome também deve ser exclusivo para tornar uma marca registrada.

E lembre-se disso, qualquer pessoa jurídica pode ter um nome fantasia, inclusive também pode escolher o mesmo nome da razão social.

 

Como escolher o nome Fantasia da empresa?

Durante a escolha do nome fantasia do seu negócio considere as seguintes dicas:

  • Defina um nome que tenha um propósito com seu empreendimento;
  • Escolha com criatividade e tenha cuidado com os nomes óbvios e termos em inglês;
  • Não esqueça de pesquisar se o nome já existe e se o domínio já foi registrado.

  

Qual a diferença entre um e outro?

A razão social e nome fantasia possuem finalidades diferentes, apesar de serem parecidos.

A razão social é um nome de registro, é uma informação básica que qualquer empresa deve ter seguindo algumas regras básicas.

Já o nome fantasia, tem uma proposta mais comercial, e é opcional a empresa ter ou não.

Para que essa informação fique ainda mais clara de entender, preste atenção nestes pontos que os diferem:

  • O nome fantasia está ligado a finalidade promocional, como por exemplo dar nome ao negócio em uma campanha publicitária. Já a razão social tem finalidade legal, deve conter em contratos e documentos jurídicos.
  • A definição da razão social é obrigatória, enquanto a do nome fantasia é opcional.

E se você está se perguntando se em algum momento pode trocar a razão social da sua empresa, a resposta é sim!

No entanto, todos os documentos da antiga razão social não serão válidos e deverão ser refeitos. Essa troca pode ser trabalhosa devido a substituição por uma nova razão social.

Por este motivo, é importante escolher bem para evitar transtornos. E se a decisão já estiver tomada. Não esqueça de comparecer a Junta Comercial para fazer a troca.

 

Em quais casos são utilizados a Razão Social e Nome Fantasia?

 Agora que você já sabe qual é a diferença entre a razão social e o nome fantasia, também precisa entender em quais aspectos deve ser utilizado. Sendo assim, confira os detalhes logo abaixo:

 Razão social

  • Notas Fiscais
  • Contratos
  • Certificados
  • Comunicados à imprensa
  • Folha de salário entregue ao funcionário
  • Emissão de cheque bancário
  • Faturas de clientes

Nome Fantasia

  • Fachadas
  • Estabelecimento comercial
  • Produtos fabricados
  • Rede social
  • Site
  • Material gráfico
  • Propagandas publicitárias
  • Evento corporativo

 

Como registrar a Razão Social da Empresa

O registro da razão social é feito durante o processo de abertura da empresa, quando deve-se comparecer no Cartório ou na Junta Comercial. E mais tarde, deverá utilizar em todas as outras etapas de documentação para oficializar o processo de abertura.

A razão social deve constar em todos os outros documentos da empresa, assim como contrato social, contribuição de cada sócio, etc.

Para quem é MEI , o processo é feito pelo próprio site Portal do Empreendedor.

 

E se precisar de ajuda durante o processo, conte com a Talst Contabilidade . Temos em nosso DNA o empreendedorismo e como premissa, proporcionar qualidade de vida a todas as pessoas através da contabilidade.

Nossas soluções são pensadas para cada tipo de negócio, independente do tamanho. Está pensando abrir seu CNPJ? Também podemos te ajudar com isso. Com a gente é fácil e sem burocracia!

 

São mais de 24 anos de mercado, com foco na excelência e no relacionamento com o cliente. Fale com a nossa equipe e veja o que podemos fazer por você!

Categorias