fbpx
Compartilhe :

Motivos para ter uma sociedade limitada unipessoal

SLU

Hoje existem inúmeras possibilidades para quem quer começar a empreender. A Sociedade Limitada Unipessoal é uma natureza jurídica que não precisa ter sócios.

Com tantos processos burocráticos para abrir uma empresa no Brasil, a SLU é uma oportunidade para simplificar o processo e proporcionar vantagens ao empreendedor.

Se você ficou interessado em conhecer mais sobre a SLU e as características desse tipo societário, acompanhe a leitura deste artigo!

 

O que é a Sociedade Limitada Unipessoal?

De forma prática, a Sociedade Limitada Unipessoal é um tipo de empresa que não precisa de sócios e nem capital inicial para abertura.

Ou seja, o empreendedor tem a opção de montar um negócio individual, além disso, o patrimônio da empresa também fica separado do pessoal.

Isto é, mesmo que ocorra alguma dificuldade financeira, os bens do empreendedor não são afetados e não podem ser utilizados para a quitação de dívidas.

Este modelo jurídico foi criado pela Medida Provisória 881 ou “MP da liberdade econômica” para garantir mais liberdade econômica e estimular os empreendedores.

Visto que, por haver muitas limitações para empreender em algumas áreas, a SLU veio para facilitar e desburocratizar o processo.

 

Quais as características da Sociedade Limitada Unipessoal?

Embora a SLU seja muito confundida com a EIRELI, as duas naturezas jurídicas são bem diferentes e podem influenciar no momento da escolha.

Por exemplo, para se integrar na EIRELI, é preciso ter um capital inicial de 100 salários mínimos, diferente da SLU que não precisa de limite. Sendo assim, conheça mais algumas características.

  • Não precisa de sócios para abertura da empresa;
  • Responsabilidade social é limitada;
  • Não é necessário capital inicial mínimo;
  • O patrimônio pessoal é separado do patrimônio da empresa;
  • É possível abrir mais de uma empresa neste formato.

Como você pôde ver, a Sociedade Limitada Unipessoal SLU é bem diferente de outras naturezas jurídicas, o que proporciona mais benefícios aos empreendedores.

E quais são os outros tipos de empresas que existem? Veja a seguir as principais naturezas jurídicas.

 

Outros tipos de empresas

Microempreendedor Individual – MEI

O MEI é um tipo de empresa composta por um proprietário, seu faturamento anual não pode ultrapassar o limite de R$81 mil.

Aliás, o MEI tem regras bastantes específicas para quem deseja se enquadrar na categoria. Isto é, só pode contratar um funcionário, não pode ter sócios e nem fazer parte de outra empresa.

Além disso, o registro na modalidade é bem simplificado, isso porque o regime é o Simples Nacional e o empreendedor deve recolher o imposto através da guia DAS.

Ademais, o empresário pode contar com alguns benefícios, como: previdência social, crédito bancário e um CNPJ próprio.

Entretanto, nem todas as atividades podem ser MEI e para isso, deve considerar outras alternativas para abertura de negócio.

 

Empresário Individual – EI

Já o tipo societário EI, assim como MEI é composto pelo proprietário da empresa, ou seja, não precisa de sócios.

Todavia, não é preciso incluir um capital mínimo inicial e o patrimônio do empreendedor fica atrelado aos bens pessoais.

Com relação ao número de funcionários, diferente do MEI não há um limite específico e nem todas as atividades regulamentadas podem se enquadrar.

 

Empresa de Responsabilidade Individual Limitada – EIRELI

Diferente na EI e da SLU, a EIRELI precisa de um capital inicial mínimo de 100 salários mínimos vigentes na época da abertura da empresa.

Outra característica que vale a pena mencionar é que a EIRELI é uma natureza jurídica que não exige sócios e o patrimônio pessoal e da empresa não se misturam.

A EIRELI permite muitas atividades econômicas, diferente da EI e do MEI, por isso, é uma das alternativas dos empreendedores que não se enquadram.

 

Sociedade Limitada – LTDA

Por fim, mas não menos importante, a Sociedade Limitada. A natureza jurídica é composta por dois sócios ou mais e é de responsabilidade limitada.

Além disso, o patrimônio jurídico deve responder pelas obrigações da empresa e não é necessário um capital mínimo.

Agora que você conhece as principais naturezas jurídicas, também precisa saber as principais vantagens para abrir uma empresa Sociedade Limitada Unipessoal. Confira!

 

Vantagens da Sociedade Limitada Unipessoal?

A Sociedade Limitada Unipessoal é uma solução para muitos empreendedores que desejam começar um negócio e crescer rapidamente.

Isso porque, diferente de outras naturezas jurídicas, a SLU dispensa sócios e não exige valor mínimo para abertura.

Além de abranger diversas profissões, ainda permite abrir mais de uma empresa neste formato e aderir ao regime tributário Simples Nacional.

Certamente, o surgimento da SLU trouxe mudanças significativas para abertura de empresas, afinal, permite a redução de burocracia e ainda promove mudanças socioeconômicas.

Por isso, os empreendedores que pensam em abrir um novo negócio, devem considerar essa alternativa e todas as possibilidades existentes através deste tipo societário.

 

Como abrir uma Sociedade Limitada Unipessoal

Para a abertura de uma empresa Sociedade Limitada Unipessoal é necessário seguir os mesmos processos de outras empresas. Veja o passo a passo a seguir:

 

  • Estabeleça o tipo de negócio e o nome jurídico e fantasia da empresa;
  • Escolha o formato da empresa: MEI, Microempresa, Empresa de Pequeno Porte, Médio ou Grande.
  • Defina as atividades econômicas da empresa – CNAE
  • Escolha o regime tributário mais vantajoso para seu tipo de negócio: Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real.
  • Faça um contrato social com todas as informações necessárias sobre a empresa
  • Separe os documentos do empreendedor e da empresa e apresente na Junta Comercial para registro.
  • Obtenha o alvará de localização e funcionamento fornecido de acordo com o segmento da empresa.
  • Faça a Inscrição Municipal e Estadual.

 

Tenha em mente que o custo médio para abrir uma SLU gira em torno de R$700 dependendo da categoria profissional.

Além disso, para que a abertura seja correta e sem erros, é importante contar com uma contabilidade que entende do assunto e pode ajudar no processo.

Você sabia que a Talst é uma contabilidade com foco no empreendedor? Isto é, trabalhamos para garantir qualidade de vida aos empresários e proporcionar soluções práticas ao seu negócio.

Na Talst você pode contar com o suporte dos nossos contadores para abrir a sua empresa e ainda orientar de forma lícita sobre questões contábeis e fiscais.

Conheça a Talst Contabilidade e veja como pode ser simples empreender com a ajuda de um parceiro estratégico. Entre em contato com nossos especialistas e saiba mais!