fbpx
Compartilhe :

Gestão de ponto eletrônico: benefícios de usar um software

A gestão do ponto eletrônico é, sem dúvidas, uma das formas mais efetivas de contribuir para uma administração de colaboradores segura e estratégica.

Isso porque, o monitoramento ocorre de forma transparente, o que pode garantir muitos benefícios legais à empresa.

Apesar disso, nem sempre era assim. Em algumas empresas, o ponto ainda é manual, o método é pouco preciso e com muitas falhas.

Contudo, o avanço da tecnologia facilitou o processo e também o trabalho de gestão do departamento pessoal das empresas.

Portanto, se você tem dúvidas sobre como funciona o ponto eletrônico e quais os benefícios de implantar na empresa, neste artigo explicaremos todos os detalhes. Continue a leitura!

O que é gestão de ponto eletrônico?

Gestão de ponto eletrônico, é um processo de controle da jornada de trabalho dos funcionários de uma empresa, seja pública ou privada.

É importante saber que o controle é fundamental para a empresa manter seus procedimentos legais, e assim, evitar transtornos, como multas e processos.

De modo geral, o registro de ponto tem o objetivo de contabilizar as horas de trabalho, bem como folgas, período de férias e até faltas injustificadas.

Isso porque, o método estabelece um controle para o fechamento da folha de pagamento – tarefa realizada pelo departamento de recursos humanos.

Sendo assim, para uma gestão eficiente, é importante utilizar um software, a fim de ter mais segurança e precisão quanto aos cálculos.

Quais são os tipos de registro que existem?

A gestão de ponto eletrônico é uma determinação da Lei n° 7.855, de 1989. Isto é, empresas com mais de 10 funcionários devem ter um registro de ponto.

Atualmente, existem várias formas de fazer esse controle, inclusive, alguns métodos são considerados pouco eficientes. A seguir, falaremos sobre os principais tipos de registros. 

Registro de ponto manual

O registro de ponto manual ainda é muito utilizado nas empresas, embora o método seja considerado pouco efetivo.

Isso porque, o controle é feito por meio do livro de ponto, isto é, os colaboradores devem anotar o horário de chegada, almoço, retorno do almoço e o horário de saída.

A prática é não é muito recomendável, devido às chances de erros e a falta de segurança de dados. Além disso, o índice para problemas jurídicos é muito maior, o que apresenta um grande risco para a empresa.

Registro de ponto mecânico

Um pouco diferente do ponto manual, o registro mecânico funciona por meio de um relógio, em que os colaboradores devem bater o ponto com uma folha de papel para registrar os horários.

Do mesmo modo que o ponto manual é pouco eficiente, este controle também é considerado ineficaz com relação à segurança jurídica.

Registro de ponto por relógio eletrônico

A gestão de ponto eletrônico acontece por meio do uso de crachás ou biometria. O método tem como intuito reduzir os erros, eliminar fraudes e limitações.

Visto que, o dispositivo pode realmente comprovar se o colaborador cumpre seus horários de entrada e saída.

Além disso, a Portaria 1510 do Ministério do Trabalho e Emprego, regulamenta o ponto eletrônico e determina uma série de exigências, a fim de assegurar o trabalhador.

Registro de ponto digital

O registro de ponto digital é uma das alternativas mais práticas, o sistema é automático e funciona como o ponto eletrônico. Porém, os dados ficam armazenados em nuvem, sendo possível acessar por aplicativos.

Umas das principais vantagens deste modelo, também regularizado pelo Ministério do Trabalho, é a tecnologia avançada que permite otimizar o processo, de forma segura e prática.

Além disso, o controle facilita o trabalho da equipe de RH e também possibilita o acompanhamento da jornada de trabalho de funcionários em home office.

Benefícios de usar um software

A gestão de ponto eletrônico, quando realizada de forma precisa e correta, pode evitar vários problemas para a empresa.

 Ademais, também traz uma série de benefícios, além de otimizar o trabalho do departamento pessoal. Ou seja, o controle pode evitar fraudes uma vez que não permite adulteração nos registros.

O ponto também funciona como uma espécie de documento para comprovar dados com exatidão, em caso de possíveis processos jurídicos.

Mais do que isso, o ponto eletrônico proporciona uma transparência maior entre os funcionários e um controle de jornada de trabalho eficiente, já que também monitora funcionários em home office.

Por fim, o dispositivo pode ser digital e integrado a um software, que armazena dados em nuvem, proporcionando mais segurança, redução de custo e eficiência ao trabalho do departamento de RH.

Conheça o registro de ponto eletrônico Pontomais!

A Pontomais é uma plataforma de registro para otimizar a gestão da jornada de trabalho. Além de proporcionar mais autonomia no controle, o registro acontece de qualquer lugar, de forma simples e descentralizada.

A Pontomais permite a visualização descomplicada da carga horária, sendo possível fazer ajustes com agilidade e evitar a sobrecarga de funcionários.

Em suma, as informações de jornada de trabalho são salvas diretamente na nuvem, sua equipe de RH ganha mais tempo, já que é possível acessar o desempenho dos funcionários em tempo real.

Conheça a melhor solução de gestão de ponto eletrônico para a sua empresa, que atende os mais variados tipos de necessidades. Entre em contato com nossos especialistas e saiba mais informações.