fbpx
Compartilhe :

Balanço patrimonial: por que ele é tão importante para a sua empresa?

O balanço patrimonial é um documento de suma importância para uma empresa, isso porque com a elaboração, é possível saber como está o atual cenário financeiro de uma empresa.

Por meio de uma análise detalhada, os gestores podem tomar decisões assertivas com relação ao negócio.

Nesse sentido, é fundamental entender como funciona, uma vez que os dados contribuem para administrar melhor os negócios.

Portanto, neste artigo da Talst Contabilidade, você vai entender o que é o balanço patrimonial e por que é tão importante. Acompanhe a leitura.

O que é balanço patrimonial?

O balanço patrimonial é um documento financeiro obrigatório previsto por lei pelo art. 1.179 do Código Civil.

Tanto o empresário quanto a sociedade empresária, são obrigados a seguir um sistema de contabilidade com base na escrituração uniforme de seus livros.

Além disso, o artigo também afirma que o balanço deve ser feito anualmente, assim como o resultado econômico da empresa.

É importante saber que todas as empresas devem elaborar, inclusive as que fazem parte do regime tributário Simples Nacional, com exceção do MEI que dispensa escrituração contábil.

Para que serve o balanço patrimonial?

No balanço patrimonial deve apresentar valores monetários de bens e direitos a curto e longo prazo, entre outros fatores, o que aumenta a possibilidade de fazer análises periódicas.

Ou seja, é possível analisar o caixa, estoque, contas a pagar e receber, capital, entre outras informações. Sendo assim, o empreendedor consegue ter de forma clara a visão de todos os investimentos.

Ao ter dados precisos sobre o investimento, o empreendedor consegue entender melhor a atual situação financeira do negócio e saber para onde está sendo direcionado os recursos

Sendo assim, por meio dos resultados do balanço financeiros é possível mensurar a projeção de rentabilidade e identificar o que pode ser vantajoso para o crescimento da empresa.

Qual é a estrutura?

Tenha em mente que o balanço patrimonial deve ser de acordo com as normas da contabilidade brasileira, bem como os procedimentos contábeis.

Portanto, para a elaboração, existem três etapas que são o ativo, passivo e o patrimônio líquidos. Falaremos sobre cada um deles agora, acompanhe!

  • Ativo

No ativo está relacionado todos os bens, direitos e demais recursos que podem gerar qualquer benefício econômico para a empresa no futuro.

De modo geral, são os investimentos realizados pelo empreendimento para obter lucro. O ativo pode ser separado em duas partes:

Ativo circulante: realizado no curto prazo;

Ativo não circulante: realizado a longo prazo;

  • Passivo

Já o passivo envolve o cumprimento de todas as contas e obrigações que devem ser liquidadas, destinadas a terceiros.

Assim como o ativo, também pode ser dividida em circulante e não circulante, entretanto, a diferença neste caso é que o passivo circulante o pagamento das contas deve ser em um curto.

No passivo não circulante, as contas que ainda serão liquidadas com um prazo maior.

  • Patrimônio líquido

Por fim, o patrimônio líquido é tudo aquilo que envolve os recursos da empresa e representa a diferença entre o valor do ativo e passivo. Portanto, podemos considerar:

  • Capital social;
  • Reservas de capital;
  • Ajustes de avaliação patrimonial;
  • Reservas de lucros;
  • Ações em tesouraria;
  • Prejuízos acumulados.

Ou seja, quando o ativo é maior que o passivo temos o patrimônio líquido. No entanto, quando as dívidas e obrigações são maiores que os bens e direitos da empresa ao invés de patrimônio líquido, temos passivo descoberto.

Qual a importância do balanço para o negócio?

O empreendedor deve entender que embora seja obrigatório, o balanço patrimonial não deve ser feito apenas para cumprir a lei, mas sim para saber em quais recursos será necessário.

Com este documento, é possível realizar inúmeras análises e tomar decisões assertivas para direcionar o rumo dos negócios.

Desta forma, existe a possibilidade de reduzir os custos, investir mais recursos e ainda administrar melhor as contas a fim de evitar prejuízos financeiros e processos judiciais.

Como fazer o balanço patrimonial?

Para fazer o balanço patrimonial, é importante contar com o auxílio de uma contabilidade especialista, por ser um processo complexo e muito detalhado.

Isso porque, por meio de lançamentos contábeis de entradas e saídas de caixas e bancos, o profissional saberá quais informações são essenciais para compor o documento.

Isto é, através de sua habilidade técnica, o contador apresenta com exatidão as demonstrações contábeis que representam a realidade atual da empresa, assim o empreendedor pode tomar decisões assertivas.

Agora que você sabe o que é o balanço patrimonial e a importância que tem para o negócio, saiba que também pode contar com a Talst Contabilidade  para realizar.

Nossos contadores são especialistas qualificados em vários tipos de atividades econômicas, desta forma, por meio de uma análise minuciosa, podemos fazer o estudo preciso para evitar erros e apresentar o resultado correto.

Entre em contato com nossos especialistas e saiba mais informações sobre o balanço patrimonial para o seu negócio.