em Artigos

O crescimento de uma empresa está ligado aos objetivos que são estabelecidos por seus líderes e esses objetivos devem ter como base as crenças e valores organizacionais. Está difícil de entender? Então vamos explicar com mais detalhes.

Imagine uma casa bem bonita construída em cima de um campo cheio de areia, e em um dia chuvoso essa areia começa a se desfazer e escoar junto com a água… bom… temos certeza de que você já tem uma noção de como está a casa. Certamente, torta, sem sustentação e caindo. Com uma empresa não é diferente, para que ela não caia, esteja firme e tenha bons resultados, a base deve estar bem sólida, isso significa que a missão, visão, valores e todos os conjuntos de diretrizes devem estar bem alinhados, pois é o que dará o direcionamento para todas as estratégias do negócio, e isso também está associado à cultura empresarial.

 

O que é a Cultura Empresarial e como posso identificá-la?

Como comentamos anteriormente, a cultura empresarial é um conjunto de valores, crenças, ações e comportamentos que definem como são conduzidos os negócios dentro da empresa, as tomadas de decisões que podem diferenciar uma companhia da outra.

A cultura de uma empresa nasce com seus fundadores, se baseado em suas visões e crenças pessoais, e o modo como são estabelecidas, também refletem nos gestores, colaboradores e todos aqueles que fazem parte do meio corporativo, e isso, pode ou não motivá-los a contribuir com o crescimento e o sucesso da empresa. Por esse motivo, tenha sempre em mente a importância que a cultura empresarial tem para o seu negócio.

Existem alguns tipos de cultura empresarial e por essa razão, listamos algumas para te ajudar a identificar em qual cultura sua empresa está classificada, veja a seguir:

  • Cultura de poder: é aquela que centraliza o poder em um modelo vertical e concentra o poder em uma única pessoa, basicamente o dono ou gerente da companhia;

 

  • Cultura de papéis: é a cultura que caracteriza as empresas extremamente burocráticas, resulta também na falta de interação entre os colaboradores dificultado a resolução de problemas ou na criação de novas ideias;

 

  • Cultura de tarefa: é a que enfatiza a competência e perícia nas atividades, o foco está na solução de problemas, na valorização de boas ideias e na motivação dos colaboradores a contribuírem com o seu trabalho.

 

  • Cultura de pessoa: é centrada nos indivíduos e nas suas necessidades como plano de carreira, retenção de talentos, pontos de vistas e o crescimento junto a empresa;

 

Agora que você entendeu melhor e tem uma noção do que é a cultura empresarial e sabe como identificá-la, também deve saber sobre a importância de fazer um planejamento estratégico para definir todos os caminhos a ser seguidos.

Pare e reflita, agora que você já tem uma base sobre qual tipo de cultura empresarial tem a sua empresa, essa cultura representa a essência do seu negócio? Ela é capaz de inspirar os seus colaboradores? Ela reflete nas tomadas de decisões da sua empresa? Se ainda tem dúvidas, então faça uma investigação, você pode utilizar instrumentos como pesquisa de clima, questionários, reuniões e mapeamento para um diagnóstico mais preciso, isso pode te ajudar a responder algumas perguntas.

Lembra que no início do texto falamos sobre o que crescimento de uma empresa e que isso está ligado aos objetivos estabelecidos? Sejam quais forem os seus, sempre os avalie!

 

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Então conte com a nossa equipe para te ajudar, estamos prontos para responder todas as suas perguntas!

Postagens Recentes
Open chat
Powered by