em Artigos

Contabilidade em Jundiaí: 11 dicas para escolher o escritório contábil!

 

Escolher um bom escritório de contabilidade em Jundiaí pode não ser uma das tarefas mais simples, afinal o que não faltam são empresas nesse setor.  Com tanta oferta, muitos gestores têm dúvidas de quais pontos considerar na fase de decisão.

Para lhe ajudar, separamos dicas importantes que devem ser analisadas antes de escolher o parceiro contábil. Confira!

 

1-  Referências

Certamente um bom escritório de contabilidade terá a indicação de várias pessoas e de clientes satisfeitos. Por isso, antes de fechar a parceria, converse com empresas atendidas pelo escritório e saiba como é o serviço prestado, se eles estão contentes com a contabilidade, como é a comunicação e outros pontos essenciais.

Além dos empresários, utilize a internet a seu favor. Pesquise em sites como Reclame Aqui pela opinião de outros usuários e avalie a quantidade de reclamações, se existem problemas recorrentes e como a empresa se posiciona em relação a essas críticas.

As redes sociais do escritório também oferecem uma visão mais ampla sobre a empresa, principalmente as críticas, comentários e indicações dos usuários.

 

2-  Situação cadastral

É indispensável que o escritório de contabilidade em Jundiaí esteja registrado no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e também no Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Então, verifique o número de inscrição e confira se ele é válido nos respectivos órgãos.

Se o escritório não estiver cadastrado, ele não poderá atuar perante a lei, por isso, esse é um ponto de suma importância e que sempre deverá ser considerado.

 

3-  Infraestrutura

O melhor a fazer antes de contratar um escritório de contabilidade é visitá-lo pessoalmente. Assim, você poderá analisar a infraestrutura que a empresa oferece, a organização, quantidade de funcionário, entre outros pontos.

Vale a pena conferir quantas empresas o escritório atende e se esse número é compatível com o quadro de funcionários, afinal, se o negócio estiver sobrecarregado será difícil lhe prestar a assessoria necessária.

Atente-se também ao clima organizacional, locais com “clima pesado” tendem a ter dificuldades de trabalho em equipe.

Não se esqueça ainda de conferir o nível de tecnologia do escritório. É indispensável que ele seja moderno para conseguir atender as exigências do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped).

 

4-  Atendimento

O atendimento é um ponto fundamental, afinal ele precisa ser ágil e capaz de responder as suas dúvidas e necessidades. Assim, verifique quais são os canais de atendimento oferecidos e quantos são.

Analise ainda se a equipe é cuidadosa, a disponibilidade para lhe atender, a velocidade e a agilidade nas respostas e também a qualidade das informações transmitidas.

Quanto melhor for o atendimento, mais fácil e produtivo será o relacionamento entre a sua empresa e o escritório de contabilidade em Jundiaí.

 

5-  Logística

É importante entender como e quantos serão os encontros entre a sua empresa e o escritório. Então, analise como é a logística desse relacionamento, quantas reuniões serão feitas, como será a entrega da documentação e dos relatórios e como é o processo de contato em caso de dúvidas ou demandas emergenciais.

As soluções tecnológicas fazem uma grande diferença nesse ponto, já que a integração de dados eletrônicos com o sistema da sua empresa permite que as informações fluam mais facilmente, tornando a gestão e o trabalho mais simples.

 

6-  Relatórios

O escritório contábil deverá oferecer, de tempos em tempos, relatórios que apoiem a tomada de decisão dos gestores. Esses relatórios podem conter dados de análise financeira, DRE, projeções e outros e precisam ser entregues periodicamente, oferecendo um parâmetro seguro para suas decisões.

Entenda como é a entrega desses relatórios pelo escritório, qual a periodicidade, as informações contidas e também a entrega de relatórios sobre a prestação de serviços com demonstrativos de impostos pagos, balancetes, folha de pagamento etc.

 

7-  Segmentação

É muito importante que o escritório de contabilidade em Jundiaí esteja acostumado a lidar com o seu setor de atuação. Por isso, avalie qual é a experiência da equipe atendendo empresas como a sua e se as soluções oferecidas são compatíveis com os interesses e necessidades da sua empresa.

Esse é um ponto muito importante e você sempre precisa verificar se a empresa tem experiência e expertise no seu ramo de atuação.

 

8-  Capacitação profissional

Buscar conhecer o time de contadores que ficará responsável pela sua empresa é muito importante. Se possível, tente conversar com esses profissionais entendendo há quanto tempo atuam no escritório, experiências profissionais e nível de capacitação e atualização.

Bons escritórios prezam por contar com um time excelente de contadores, oferecendo treinamentos e atualizações constantes. Outro ponto é verificar se todos os profissionais são formados em Ciências Contábeis.

 

9-  Segurança nos dados

Ainda que a tecnologia seja uma aliada importante para dar mais produtividade à relação, continua sendo extremamente crucial pensar na segurança dessas informações.

Por conta disso, é importante verificar como é a segurança dos dados e informações no sistema adotado pelo escritório contábil. Boas empresas costumam usar sistemas em nuvem, com senhas, barreiras de acesso e criptografia de informações.

 

10- Localização

Se a sua empresa atua na cidade, é muito importante encontrar um escritório de contabilidade em Jundiaí. Assim será bem mais simples de entrar em contato com o negócio ou de se dirigir ao escritório quando precisar.

Avalie a localização da empresa, se ela é fácil de ser acessada, o bairro onde se situa e também a distância do seu negócio.

Um escritório que atue em Jundiaí ainda garantirá que os profissionais conhecem bem as características da região e os meandros dos órgãos públicos municipais, além da legislação correlata, oferecendo uma assessoria mais ágil e segura.

 

11- Custo-benefício

É claro que você também precisará considerar o valor cobrado pelos serviços. Porém, não avalie apenas o preço, mas sim os benefícios oferecidos pela empresa.

Muitas vezes, vale mais a pena fechar contrato com um escritório um pouco mais caro, mas que oferece outros benefícios, como mais reuniões mensais, proximidade com a sua empresa, relatórios atualizados, tecnologia de ponta etc.

Escolher pela solução mais barata nem sempre é uma boa ideia, já que nem sempre ela conseguirá oferecer toda a assessoria que a sua empresa precisa – o que poderá comprometer a qualidade da contabilidade do seu negócio e até colocar em risco o seu crescimento.

Depois de ver todas essas dicas, ficou mais fácil escolher a contabilidade em Jundiaí? Assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos interessantes e informativos como este!

Postagens Recentes
Multas do e-social: as 8 principais e como evitá-las!Diferenças entre contabilidade fiscal e gerencial