10 segredos que você não sabe sobre ter o próprio negócio

Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter

Não é de hoje que muitas pessoas têm sonhado em ter seu próprio negócio, com tantos motivos para começar no empreendedorismo, a busca por oportunidades e um espaço no mercado é crescente. Entretanto, a vontade de empreender também precisa dar lugar ao aprendizado, afinal começar um negócio sem estar preparado não é garantia que será um sucesso. Com tantos riscos a serem enfrentados e escolhas que deverão ser feitas, conhecer todos os caminhos é a parte fundamental na vida de qualquer empreendedor, principalmente para aqueles que estão iniciando, e veja neste artigo 10 segredos que você não sabe sobre ter o próprio negócio que devem ser levados em consideração.

 

Começar a empreender é uma decisão muito importante, embora essa iniciativa venha acompanhada de sonhos e também de frustrações pessoais, é essencial saber, você realmente está preparado para começar um negócio? Essa é uma pergunta que deve ser feita antes de abrir uma empresa, pois existem uma série de fatores que precisam ser analisados. O que você já sabe é que o trabalho é árduo e o Brasil não é um dos países que mais incentivam o empreendedorismo, mas com persistência e orientação é possível chegar lá.

 

Agora pare e pense um instante… Já imaginou quantas pessoas começaram seu negócio dos sonhos, mas não deslancharam por causa de equívocos na gestão empresarial? Algumas das empresas abertas, só no primeiro ano foram encerradas por falta de conhecimento de mercado, falta de planejamento financeiro, entre muitos outros motivos, porém queremos que você tenha sucesso na sua trajetória, e para isso, veja a seguir tudo o que você precisa saber.

 

1- Tenha Perfil Empreendedor

Ao abrir uma empresa, antes de tudo importante ter consciência do seu perfil, será que você possui conhecimentos e habilidades específicas para empreender? É claro que muitas coisas serão aprendidas ao longo do caminho, no entanto é imprescindível avaliar o comportamento no dia a dia e se você se identifica com o tipo de negócio que irá abrir.

Ter um perfil empreendedor é saber que haverá riscos, escolhas e competências para tomar decisões, é também estabelecer metas, gerenciar finanças e construir relacionamentos para os riscos que a empresa correrá no futuro, além disso é preciso saber liderar, lembre-se que existe uma grande diferença entre ser um líder e um chefe, lembre-se também que é preciso saber motivar, delegar funções e definir objetivos, bem como compartilhar o sucessos e os fracassos, essas são características importantes, por isso esteja atento a cada uma delas.

 

 2- Fazer um Plano de Negócio é Fundamental

Começar um negócio sem um plano é o primeiro passo para o fracasso. Um empreendedor que almeja o sucesso precisa fazer um plano de negócio, pois isso é o que vai orientar no cálculo dos riscos e na tomada de decisão, o plano deve ser um alicerce para quem está começando um negócio.  Veja bem, um plano de negócios é fundamental para evitar frustrações e diminuir os erros e por essa razão, ele deve ser bem detalhado para que haja controle do negócio.

Como falamos, o documento precisa ser bem detalhado, por isso é importante fazer um estudo de mercado de atuação, planejamento financeiro, analisar bem o fluxo de caixa, análise do produto ou serviço, análise do cliente e fornecedores, investimentos com marketing e publicidade, entre outros, quanto mais informações, mais completo será o plano de negócio.

 

 3- Conheça o Mercado que Irá Atua

Procure obter o máximo de informações possíveis do mercado que irá atuar para avaliar a capacidade de desenvolvimento do negócio, bem como os riscos. Durante a análise, pesquise sobre o seu público alvo e entenda suas reais necessidades, da mesma forma com os concorrentes, verifique quem são os principais e o que estão fazendo, assim você poderá estabelecer um diferencial para o seu negócio, já os fornecedores, faça uma pesquisa para saber quem tem o melhor preço e não deixe de colocar as informações no seu plano de negócio.

 

Além disso, tenha em mente que o negócio não precisa começar grande  logo no início, é essencial levar em consideração o valor que será investido e tudo isso influencia diretamente nos custos para o desenvolvimento do negócio, por isso é tão importante analisar bem todas as possibilidades de negócio que o mercado oferece .

 

4- Capacite-se para o Negócio

Ter um conhecimento básico para iniciar um negócio é muito bom, mas manter-se constantemente atualizado e capacitado para administrar é melhor ainda. Já parou para pensar quantos empreendedores poderiam ter sucesso em seus negócios se estivessem mais preparados? É claro que isso é um processo constante, buscar informações e orientações de especialistas é o caminho para o desenvolvimento de qualquer negócio, por isso aposte em cursos de capacitação para aumentar as chances de sucesso do seu negócio.

Hoje em dia é possível encontrar muitos cursos gratuitos e informações na internet, investir em conhecimento é se antecipar e evitar que erros sejam cometidos, afinal ninguém quer colocar tudo a perder logo no começo, não é mesmo?

 

5- Formalize seu Negócio

Manter a regularidade é um passo muito importante para o negócio, após decidir a área de atuação e o que vai fazer, formalize seu negócio, escolha o tipo de empresa (MEI, ME, EPP, Empresa de Médio Porte e Grande Porte) para oficializar a abertura do seu CNPJ. Neste artigo que separamos, você pode conferir um passo a passo completo para abrir uma empresa.

Tenha em mente que ao formalizar o seu negócio você terá acesso a diversas vantagens como benefícios previdenciários, chances de fazer mais negócios, abertura de conta jurídica, linhas de crédito com as melhores condições de pagamento, produtos e serviços com condições especiais, dentre outros fatores.

 

6- Não Invista Todo seu Capital

É sempre muito aconselhável ter uma reserva de dinheiro guardado e mais do que isso, não investir todo o valor na abertura do negócio. Defina uma quantia mínima para o pontapé inicial, leve em consideração os custos para abertura da empresa e o pagamento de tributos, assim como, dependendo de sua área de atuação, deve-se também pensar na estrutura do negócio em si.

Além disso a reserva de dinheiro também ajudará a resolver os imprevistos que acontecem durante o processo, pois ter cautela é fundamental para que as coisas não fiquem desorganizadas, vendo deste modo, coloque tudo em uma planilha, estabeleça um controle financeiro  dos investimentos, dos gastos, fluxo de caixa e de toda reserva guardada, tenha consciência dos recursos financeiros para a gestão da sua empresa.

 

7- Defina Metas e Objetivo

Não definir metas e objetivos torna a vida do empreendedor ainda mais difícil, pois os riscos aumentam e a possibilidade de se perder no meio do caminho é muito maior. Ao desenvolver o plano de negócio, coloque suas metas e objetivos, isso vai direcionar melhor o seu negócio, ademais, contribuirá para diminuir as inseguranças e ter uma visão mais clara do que é o negócio. Defina suas metas de forma quantitativa e estabelecendo prazos, por exemplo: “desejo em 1 ano faturar R$5 mil reais” e seus objetivos são o propósito de se fazer algo e o que deve ser feito para ser realizado, colocar essas ideias no papel ajuda a entender a real finalidade do seu negócio.

 

 8- Faça Teste dos Produtos ou Serviço

Testar os produtos e serviços é a maneira ideal para saber se o que você irá vender é realmente bom, além disso também permite ter uma análise do negócio como um todo, pois através dos testes é possível conhecer melhor os gostos dos clientes, saber se o seu produto ou serviço resolve um problema, estabelecer os melhores canais de distribuição e escolher os fornecedores que atenderão as demandas e alinhar todo o processo para o crescimento do negócio.

Experimente promover ações de distribuição de amostra de produtos e degustação de alimentos, esses testes podem ajudar com um feedback rápido e o que proporciona aprender com erros e os acertos do seu produto ou serviços.

 

  9- Dê Atenção aos Clientes

Os clientes também são a parte fundamental do seu negócio, sem eles você não terá uma razão para empreender, por isso dê atenção ao que eles pensam sobre o seu produto ou serviço, esteja aberto às críticas e sugestões e não só a elogios. O atendimento é uma questão muito importante para se pensar, afinal, um bom atendimento pode dizer muita coisa sobre o seu negócio, assim como um péssimo atendimento, então que tal proporcionar algo diferente? Um atendimento mais personalizado que valorize o seu consumidor. E caso aconteça alguma situação inesperada, aprenda a resolver os problemas de forma pacífica para que ele tenha uma boa experiência. Lembre-se que o seu negócio depende dele para sobreviver.

 

10- Trabalhe o seu Medo

Na jornada do empreendedor, é muito comum sentir medo, medo de errar, medo de perder dinheiro, medo de enfrentar os riscos, no entanto, apesar de ser muito normal sentir essa sensação de insegurança, assumir os riscos mesmo sabendo que tudo pode dar errado, é importante para o aprendizado e consequentemente para o sucesso.

Muitas pessoas esperam muito tempo para realizar um sonho, esperam por condições favoráveis e o momento certo, mas tudo isso porque estão com medo de arriscar, medo de tentar, não se sentem prontas para isso, porém empreendedores enfrentam o medo e apostam naquilo que acreditam para alcançar o sucesso tão esperado. Então seja como esses empreendedores, trabalhe com foco, deixe o medo de lado e tenha confiança na sua capacidade de empreender.


 

Até aqui você pôde conferir 10 segredos sobre ter o próprio negócio e analisar melhor seu potencial para empreender, mas o que você também deveria saber são alguns segredos que os empreendedores mais experientes gostariam de saber quando começaram o seu negócio.

  

Não tenha medo de pedir ajuda

Começar um negócio sem ajuda profissional não é o mais recomendável para um empreendedor, hoje existem diversos especialistas que podem orientar  em todos os processos de desenvolvimento de uma empresa. Conte também com a ajuda de uma contabilidade de sua confiança para auxiliar na abertura da empresa, na gestão financeira, tributária e fiscal, no mais, toda ajuda é sempre bem vinda principalmente para enfrentar os desgastes com as burocracias. Não tenha medo de pedir ajuda, tenha em mente que dessa forma você também estará aprendendo.

  

Aprenda com os erros dos outros

É sempre possível aprender com os erros de empreendedores mais experientes, desta forma você poderá extrair conhecimentos, aprendizados e poupar esforços com ações que não deram certo. Separe um tempo para pesquisar mais a vida daquele empreendedor que você tanto admira, analise bem sua jornada e estude suas iniciativas que foram bem sucedidas e as que fracassaram também, assim você terá uma grande chance de reduzir os prejuízos em seu negócio.

 

Conheça bem seu cliente

 Um erro muito comum que os empreendedores cometem é achar que conhecem bem seu cliente ao ponto de lançar um produto ou serviço no mercado e não vender, pois aquilo não atendia a necessidade do consumidor. Para que esse tipo de situação seja evitada, ao fazer a pesquisa de mercado, experimente conhecer melhor seu público, saber o que procuram e o que precisam, essa é a melhor maneira de evitar situações inesperadas pois, o pior é saber que seu produto é indesejado.


 

Agora que você já conhece todos os segredos, está pronto para iniciar o seu próprio negócio? A boa notícia é que nós da Talst Contabilidade  somos os seus parceiros nessa jornada, pois a abertura empresa é totalmente grátis , além disso também tem a oportunidade de receber orientações de profissionais especialistas que estão prontos para te atender. E então? Vamos fazer algo juntos?

 

 

Categorias